Nos últimos meses, a cantora gravou músicas em inglês e espanhol, com participação de grandes nomes da música gospel internacional.

Apesar desse tempo de pandemia ter marcado muitas pessoas em razão da crise, se tornou também um tempo de reflexão, crescimento e novas oportunidades. Esse foi o caso de Gabriela Rocha, que transpôs fronteiras entre nações com suas músicas, que levam uma mensagem de esperança.

No mês de abril, por exemplo, a cantora se apresentou em uma live que bateu 3 milhões de visualizações simultâneas em seu canal.

A ministração da faixa “Juntos em Adoração” repercutiu de tal forma, que meses depois originou um álbum e também um novo projeto da cantora, com podcasts, contendo reflexões bíblicas, em que ela compartilha a história das músicas em forma de devocionais.

Já em maio, Gabriela Rocha deu início à expansão de sua carreira para a América Latina, gravando a canção “Lugar Secreto” em espanhol com a participação da cantora Christine D'Clario, considerada a maior cantora latina do segmento.

Em seguida, ela lançou 2 músicas cantadas em inglês e português com Kim Walker Smith, líder da banda Jesus Culture e encerrou seu ano de projeção internacional gravando a canção “Vida aos Sepulcros” com a banda Elevation Worship.

A cantora celebra as conquistas, mas destacou o que realmente importa em todos esses acontecimentos: que vidas estão sendo impactadas pelo poder do evangelho.

“A minha única oração é para que essa união de nações possa abençoar milhares de pessoas. E que essas pessoas possam ser curadas, transformadas e sejam cheias de Deus”, afirmou a cantora em áudio enviado à agência Casa Grande.

Fonte: guiame.com.br